facebook  Twiter  GooglePlus In Youtube

GELITA planta 150 mudas de árvores nativas em bosque de Mococa

SUPLEMENTOS Brasil

GELITA planta 150 mudas de árvores nativas em bosque de Mococa, e prevê ampliação da área em 2017. De um local degradado a uma opção prática, segura e agradável para caminhadas e observação da natureza. Assim pode ser definida a trajetória recente do bosque Engenheiro João Trombini, localizado no bairro São Domingo, na cidade de Mococa, interior de São Paulo.

Somente no final de 2016, após uma forte tempestade derrubar várias árvores, 150 mudas de espécies nativas como pau-brasil, jatobá, acerola, uvaia, pitanga e jabuticaba foram plantadas no local. As árvores frutíferas foram escolhidas principalmente para alimentar os macacos e pássaros que frequentam o bosque.

A ação foi realizada pela GELITA, empresa que desde 2002 realiza a manutenção, com recursos próprios, do local. Fabricante de origem alemã de gelatina e proteína de colágeno, a GELITA opera em Mococa uma de suas três fábricas brasileiras. “Em 2002, o bosque estava degradado. Nós o reflorestamos e o transformamos em uma agradável área verde para a população ”, diz Márcio Manhães, responsável pela área de sustentabilidade da GELITA em Mococa.

Além de cuidar das árvores, com serviços de plantio e manutenção, a empresa mantém um funcionário em tempo integral no bosque Engenheiro João Trombini. A escolha das novas árvores é feita por especialistas, obedecendo a critérios como clima, ritmo de crescimento e nível de luz do local onde a muda será plantada.

A manutenção do bosque é feita em conjunto com a prefeitura de Mococa e a Associação do São Domingo. Recentemente, aliás, a prefeitura limpou uma área adjacente, que será usada para ampliar o bosque. “No local serão plantadas 200 mudas de espécies pioneiras, com crescimento a pleno sol e ciclo de vida rápido”, adianta Marcio Manhães.

Suscribase Newsletter semanal ingredientes

 ING CARN

 PAN z CON   

Nuevos Productos

doehler logo
|